Manifesto pela democratização da comunicação - proposta



gestão / prevenção / conservação / manutenção








Histórias e Gente de Valor

etica
Reflexões

31/05/2008 - Manifesto pela democratização da comunicação - proposta

Por Eng. Heitor Reis

Alterar tamanho da fonte: A+ | a-
O setor de comunicação, segundo o manifesto em construção disponível no site do Fórum de Mídia Livre, "não reflete os avanços que ao longo dos últimos trinta anos a sociedade brasileira garantiu em outras áreas. Isso impede que o país cresça democraticamente e se torne socialmente mais justo". E continua: "A democracia brasileira precisa de maior diversidade informativa e de amplo direito à comunicação. Para que isso se torne realidade, é necessário modificar a lógica que impera no setor e que privilegia os interesses dos grandes grupos econômicos (...)". (Texto na íntegra, ao final)

 
Sugiro que se diga a verdade sobre o que se chama democracia brasileira:
 
NÃO EXISTE DEMOCRACIA ALGUMA NESTE PAÍS!
 
O povo não governa. Quem governa são os financiadores de campanha política, que atuam também através dos aliciadores de funcionários públicos, conhecidos por "lobistas".
 
Em respeito à luta da FENAJ que ousou levantar a bandeira de que "sem democratizar a comunicação, não haverá democracia no Brasil"; [ www.enecos.org.br/docs/proposta.doc ]
 
Em respeito ao Prof. da UnB, Murilo Ramos que insiste: "Quanto mais estudo, trabalho e milito no campo da comunicação, mais me convenço de que a hegemonia, que parece eterna, do empresariado da radiodifusão sobre a política e os políticos, é a vilã da democratização da comunicação";
 
Em respeito à obra, vida e morte de Aloysio Biondi que acusa:  Defende-se o silêncio enquanto a grande imprensa é cúmplice do saque [eu: e do massacre] sem precedentes que o Brasil vem sofrendo.  [ http://www.vermelho.org.br/museu/classe/Classe191/191na.htm ]
 
Em respeito à obra, vida e morte de Perseu Abramo clamando de seu túmulo que a mídia comercial é inimiga nacional, manipulando de inúmeras maneiras a informação, para defender interesses políticos que não o de nosso povo. [ http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos/al290120032.htm ]
 
Em respeito à vida e obra de Emir Sader que nos assegura que "há uma ditadura da mídia monopolista mercantil" e "uma férrea unidade entre grande capital financeiro e grandes latifundiários, monopólios industriais e meios de comunicação em torno do governo."  [ http://www.pt.org.br/sitept/index_files/noticias_int.php?codigo=3043 ; www.midiaindependente.org/pt/red/2003/03/250653.shtml ]
 
Em respeito à coragem de Eugênio Staub: "A elite brasileira é covarde, interesseira, tem um comportamento mesquinho, sem compromisso com a sociedade." "O responsável pela situação em que está [o Brasil] não é o pobre, nem americano, nem militar: somos nós, a elite brasileira." 
[  http://www.terra.com.br/istoe/1655/1655vermelhas_03.htm ;  http://www.icarobrasil.com.br/anteriores/edanterior/203/203perfil.htm ]
 
Em respeito à franqueza de Dom Mauro Moreli e João Pedro Stédile: Qualquer presidente da República é apenas motorista da elite brasileira. [ http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=484IPB004 ]
 
Mais detalhe em  O que é e o que não é, realmente, uma democracia?
http://prod.midiaindependente.org/pt/red/2008/05/418926.shtml
 Análise dos Tipos de Poder
http://www.midiaindependente.org/pt/red/2008/05/419423.shtml
 
 
Sugiro a seguinte alteração no texto em epígrafe:

O setor de comunicação, segundo o manifesto em construção disponível no site do Fórum de Mídia Livre, "não reflete os avanços que ao longo dos últimos trinta anos a sociedade brasileira garantiu em outras áreas. Isso impede que o país construa uma democracia de verdade, de fato, e não apenas de direito, e se torne socialmente mais justo". E continua: "Para construí-la é fundamental maior diversidade informativa e de amplo direito à comunicação. É também necessário modificar a lógica que impera no setor e que privilegia os interesses dos grandes grupos econômicos (...)".


Heitor Reis (*)

(*) Heitor Reis é engenheiro civil, militante do movimento pela democratização da comunicação e membro do Conselho Consultor da CMQV - Câmara Multidisciplinar de Qualidade de Vida (www.cmqv.org). Nenhum direito autoral reservado: Esquerdos autorais ("Copyleft"). Contatos: (31) 3243 6286 -  heitorreis@gmail.com













 
Comente este artigo:
* Nome:
E-mail:
Publicar E-mail:Sim   Nao   
* Comentário:
O que está escrito na imagem ?
 

Política e Responsabilidade Social

Copyright © 2018 CMQV - Câmara Multidisciplinar de Qualidade de Vida. Todos os direitos reservados.
Website desenvolvido com tecnologia Super Modular